Portal da Cidade Paudalho

NÁUTICO

Em jogo de seis gols, Náutico bate o Flamengo/PE

Alvirrubros derrotaram o time de Arcoverde por 4x2, neste sábado (16), pela quinta rodada do Pernambucano 2019

Postado em 16/02/2019 às 00:00 |

Jogadores do Náutico comemoraram resultado dentro de casa (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Em uma tarde de muitos gols, o Náutico derrotou o Flamengo de Arcoverde por 4x2, neste sábado (16), no Estádio dos Aflitos, e chegou a uma sequência de seis jogos sem derrota. A partida foi válida pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano 2019. Com o resultado, o time alvirrubro foi a nove pontos, agora com três vitórias, e subiu da sexta para a quarta colocação. Já o Flamengo segue com quatro pontos, estacionado em sétimo lugar, mas pode perder posições até o final da rodada e se aproximar da zona de rebaixamento à Série A2. Os gols do Náutico foram marcados por André Krobel, João Victor (contra), Thiago e Rafael Ribeiro. Pelo time do Interior, ambos os gols foram de Pedro Maycon. 

"Em nenhum momento eles baixaram a guarda. Pelo contrário, vieram para cima. Foi um resultado muito importante dentro de casa", disse André Krobel. Pelo lado do Flamengo, o técnico Nilson lamentou a derrota. "Acho que não merecíamos perder pela forma que jogamos. Propomos o jogo, não tivemos medo do Náutico em nenhum momento. Mas, quando se erra, paga-se o preço", disse. 

O próximo compromisso do Náutico é na quarta-feira (20), contra o rival Santa Cruz, pela segunda fase da Copa do Brasil. Pelo Estadual, o time alvirrubro volta a campo no domingo (24), às 17h, diante do Afogados da Ingazeira, fora de casa. O Flamengo de Arcoverde, por sua vez, recebe o Vitória das Tabocas, também no domingo, às 16h. 

Jogo

Atuando em casa e tendo mais qualidade técnica do que o adversário, o Náutico assumiu as ações ofensivas no início da partida. Não demorou para os alvirrubros perceberem uma facilidade para descer pelo lado direito do campo. Foi por esse setor que saíram as principais chances da equipe no primeiro tempo, incluindo a jogada que originou o primeiro gol da partida. Tharcysio tocou para Thiago, que deixou de calcanhar para André Krobel. O lateral-direito entrou na área com velocidade e acertou um belo chute cruzado, aos nove minutos do primeiro tempo. 

Em desvantagem, o Flamengo passou a buscar mais o jogo e conseguiu o empate menos de dez minutos depois. O mesmo Krobel que fez a festa timbu voltou a ser protagonista, mas não de forma positiva. Após boa jogada do Flamengo, ele derrubou Diguinho dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Pedro Maycon cobrou com segurança e empatou. 

Os visitantes seguiram apostando na estratégia de jogar nos contra-ataques e tiveram oportunidades de até virar o confronto, mas foi o Náutico quem voltou a balançar as redes. Após cobrança de escanteio, João Victor subiu para tentar afastar, mas a bola bateu em suas costas e entrou, deixando os anfitriões em vantagem na primeira metade do duelo. 

O técnico Nilson voltou para o segundo tempo com Lucas Gomes no lugar de João Victor. A proposta era ir para cima, e assim foi. Mas, quando o Flamengo era até mais perigoso no jogo e ameaça chegar ao empate, o goleiro Lucas Peixe acabou falhando e permitiu que o Náutico ampliasse a vantagem. Aos 12 minutos, Thiago arriscou de fora da área e a bola passou por entre as pernas do defensor. 

A equipe do Interior, no entanto, não se abalou com o gol sofrido e continuou buscando o resultado, diminuindo o placar seis minutos depois, novamente com Pedro Maycon. Em cobrança de lateral, Dadinha jogou a bola na área e Pedro Maycon, aproveitando a falha da zaga alvirrubra, dominou e girou com liberdade antes de arrematar para o fundo das redes. O jogo ficou aberto até que, aos 41, Fábio Matos cobrou falta lançando a bola na área, e Rafael Ribeiro subiu mais que todo mundo para selar o resultado. 

Ficha do jogo 

Náutico 4 

Bruno; André Krobel, Rafael Ribeiro, Diego Silva e Assis (Gabriel Araújo); Jiménez, Luiz Henrique, Lucas Paraíba (Fábio Matos) e Thiago; Robinho (Rafael Oliveira) e Tharcysio. 

Técnico: Márcio Goiano 

Flamengo de Arcoverde 2

Lucas Peixe; Dadinha, Alenilson, Alef e Diguinho; Raimundinho, Pedro Maycon, Naldinho (Jeorge Belmonte) e Célio (Jefferson Maranhão); Thiago Bagagem e João Victor (Lucas Gomes). 

Técnico: Nilson 

Local: Aflitos (Recife/PE)

Árbitro: Gilberto Castro Júnior 

Assistentes: Karla Santana e Ricardo Nunes

Gols: André Krobel (aos 9’ do 1ºT), Pedro Maycon (aos 17’ do 1ºT e aos 18 do 2ºT), João Victor – contra (aos 32’ do 1ºT), Thiago (aos 12’ do 2ºT), Rafael Ribeiro (aos 41’ do 2ºT)

Cartões amarelos: Jiménez, Fábio Matos e Luiz Henrique (Náutico); João Victor, Tiago Bagagem, Alenilson e Dadinha (Flamengo)

Público: 2.290 torcedores

Renda: R$ 23.847


Fonte:

Deixe seu comentário