Portal da Cidade Paudalho

3ª divisão

Pernambucano está aprovada e FPF trabalha para implementar em 2019

Terceira divisão do Estadual pode ocorrer na próxima temporada

Postado em 05/04/2018 às 12:32 |

Presidente da FPF afirmou que o projeto da Séie A3 pode sair em 2019 (Foto: Reprodução)

Com o Campeonato Pernambucano da  Série A1 terminando, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, revelou uma novidade que pode ocorrer na próxima temporada: a terceira divisão do Estadual.

Evandro Carvalho revelou em entrevista nesta quarta (4), que conseguiu as autorizações necessárias para poder correr para implementar a competição no moldes pensados pela FPF, para criar uma via de sustento para os clubes do interior.

“Isso é um projeto de três anos atrás, fizemos um modelo de campeonato, onde a FPF ampliava e capilarizava o surgimento de novas equipes e o fortalecimento de equipes antigas do interior que estão fora de competições, e isso nós começávamos o campeonato em novembro. Mas houve a decisão da justiça proibindo, então qual foi a alternativa? Seria nós conseguirmos aprovar na CBF a publicação para que pudéssemos criar uma terceira divisão”, disse.

Movimentar o interior e revelar talentos

Evandro afirmou que o grande objetivo é fomentar o futebol, principalmente no interior do Estado. Citando municípios que já dispõe de equipamentos para o projeto, o mandatário da FPF, explicou as barreiras vencidas e a corrida que está sendo feita para implementar o projeto e ajustar a competição já para a temporada de 2019, a meta é que a Série A3 do Estadual revele valores por que vai ter um limite de idade para inscrição com jogadores na maioria de 23 anos.

“Isso deve servir para fomentar o futebol nos municípios, como Brejo da Madre de Deus que tem um estádio lindo, Paudalho, Itacuruba que já teve clube na primeira divisão. Já ultrapassamos a fase de Ministério do Esporte e do Profut, e da CBF. Se nós conseguirmos até o final do ano implementar isso e no próximo ano colocar 30 ou 40, 50 clubes na terceira divisão, nós fortaleceremos o futebol do interior. Essa terceira divisão tem aquele limite de idade para revelar jogadores, então nossos clubes grandes terão um celeiro enorme à disposição, observarão jogadores e puxarão aqueles que se destacarem”, finalizou o dirigente.


Fonte:

Deixe seu comentário