Portal da Cidade Paudalho

SPORT

Sport arranca empate, mas vê jejum de vitórias aumentar

Sport escapou de uma derrota para a Chapecoense no fim, contudo, chegou a sete jogos sem vencer na Série A

Postado em 06/08/2018 às 08:37 |

Sport x Chapecoense, na Ilha do Retiro (Foto: Anderson Stevens/Folha de PE)

A má fase do Sport não dá sinais de que irá deixar o clube tão cedo. Na noite deste domingo, na Ilha do Retiro, o Leão voltou a decepcionar e apenas empatou com a Chapecoense por 1x1 - gols de Wellington Paulista e Carlos Henrique. Ainda que tenha escapado de uma derrota no fim, o resultado esteve longe de ser positivo. A equipe chegou a sete jogos sem vencer e ocupa a 12ª posição, com 20 pontos.

O início foi lamentável para os donos da casa. Logo com 12 minutos de bola rolando, Yann Rolim passou fácil por Deivid, entrou na área com liberdade e rolou para o meio da área. Wellington Paulista apareceu para completar para o fundo das redes. Para piorar, os rubro-negros demoraram a ensaiar alguma reação e a Chapecoense passou a jogar com tranquilidade, sem expor sua defesa aos mandantes.

Somente aos 34 minutos que o Sport chegou perto de assustar a meta adversária. Em cruzamento de Marlone, Fellipe Bastos desviou de cabeça e quase marcou. Pouco depois, o mesmo Marlone bateu escanteio e Ronaldo Alves chegou de trás, cabeceando para o chão. Por muito pouco o Leão não empatou, no último lance relevante da primeira etapa do confronto.

No intervalo, o técnico Claudinei Oliveira foi para cima. Tirou o volante Deivid e colocou Rafael Marques. A alteração não surtiu efeito imediato. Ainda assim, os leoninos estiveram próximos do empate já no início. Aos sete minutos, Gabriel aproveitou rebote de bola aérea e bateu de fora da área, pegando de primeira. A bola passou por cima da meta de Jandrei.

Embora estivesse em vantagem, a Chapecoense teve a melhor chance de gol da etapa final. Após um escanteio, a bola sobrou para Rafael Thyere. Livre, o zagueiro chutou e Magrão salvou. Entretanto, já no apagar das luzes, quando a derrota rubro-negra parecia sacramentada, Cláudio Winck levantou na área e Carlos Henrique, de cabeça, empatou, aliviando, ainda que pouco, a pressão sobre o Sport.

FICHA TÉCNICA:

SPORT 1

Magrão; Cláudio Winck, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid (Rafael Marques), Fellipe Bastos, Gabriel, Andrigo (Hygor) e Marlone (Neto Moura); Carlos Henrique. Técnico: Claudinei Oliveira

CHAPECOENSE 1

Jandrei; Eduardo, Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Elicarlos (Orzusa) e Yann Rolim (Canteros); Osman (Bruno Silva) e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina

Local: Estádio da Ilha do Retiro, no Recife

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro/Fifa (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo/Fifa e Sidmar dos Santos Meurer (Ambos de MG)

Gols: Wellington Paulista, aos 12 minutos do 1ºT

Cartões amarelos: Bruno Pacheco (C); Sander (S)

Público: 6.787

Renda: R$ 81.640,00


Fonte:

Deixe seu comentário