Portal da Cidade Paudalho

Operação

Ex-instrutor de tiro do Exército é investigado por homicídios e roubos em Itambé

Jovem de 22 anos é um dos foragidos da Operação Desmanche, deflagrada na terça (6), na Zona da Mata.

Postado em 07/11/2018 às 18:24 |

Operação Desmanche, da Polícia Civil de Pernambuco, foi deflagrada em Itambé, na Zona da Mata (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Depois do cumprimento de sete mandados de prisão na Operação Desmanche, deflagrada na terça (6) para desarticular quadrilhas ligadas a crimes como tráfico de drogas, homicídios e roubo de veículos em Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, a Polícia Civil procura dois alvos foragidos. Um deles, de 22 anos, já atuou como instrutor de tiro no Exército.

“Ele é integrante de uma das quadrilhas e é ligado a homicídios e roubo de veículos”, afirma o delegado Diego Jardim a respeito de Josué dos Santos Silva. Segundo o policial, o jovem é desertor das Forças Armadas.

O outro foragido, cuja idade não foi informada, é suspeito de cometer outros homicídios na região. “É uma pessoa muito violenta”, afirma o delegado Diego Jardim.

Depois do cumprimento de sete mandados de prisão na Operação Desmanche, deflagrada na terça (6) para desarticular quadrilhas ligadas a crimes como tráfico de drogas, homicídios e roubo de veículos em Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, a Polícia Civil procura dois alvos foragidos. Um deles, de 22 anos, já atuou como instrutor de tiro no Exército.

“Ele é integrante de uma das quadrilhas e é ligado a homicídios e roubo de veículos”, afirma o delegado Diego Jardim a respeito de Josué dos Santos Silva. Segundo o policial, o jovem é desertor das Forças Armadas.

O outro foragido, cuja idade não foi informada, é suspeito de cometer outros homicídios na região. “É uma pessoa muito violenta”, afirma o delegado Diego Jardim.


Fonte:

Deixe seu comentário